BEM-VINDO AO F√ďRUM
DO CONGRESSO NACIONAL DO PSDB

Matheus Pantrigo

Respostas no Fórum

Visualizando 12 posts - 1 até 12 (de 12 do total)
  • Autor
    Posts
  • em resposta a: Voc√™ acha que deve aumentar o controle sobre agrot√≥xicos? #3133
    Ajudou
    Up
    0
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    O uso de agrot√≥xicos √© extremamente entend√≠vel considerando a demanda da popula√ß√£o mundial por um recurso essencial para a sobreviv√™ncia humana, entretanto o uso de certos tipos de agrot√≥xicos que comprovadamente causam problemas de sa√ļde para aqueles que os consomem devem ser proibidos por raz√Ķes √≥bvias. Al√©m disso acredito que um setor que tem muito potencial no Brasil √© o de OGM, a modifica√ß√£o gen√©tica de planta√ß√Ķes se provou ser extremamente efetiva ao longo do tempo e n√£o h√° sequer um relato que indique que haja algum maleficio para os consumidores, dessa forma seria interessante encorajar e¬† informar os m√©dio e pequenos produtos a usarem sementes geneticamente modificadas. Ganhar√≠amos em produ√ß√£o e sa√ļde

  • Ajudou
    Up
    1
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    Existem algumas estatais, como o setor de petr√≥leo e g√°s, que s√£o essenciais para o desenvolvimento de qualquer pa√≠s moderno, dito isso acredito que hajam estatais que devem ser totalmente privatizadas. Aquelas estatais que n√£o cumprem nenhum papel estrat√©gico para os interesses nacionais devem entrar em processo de privatiza√ß√£o o mais r√°pido poss√≠vel para permitir uma diminui√ß√£o da divida p√ļblica, e por consequ√™ncia do pagamento de juros, e assim dar maior liquidez e maior capacidade de investimento para o estado brasileiro. Algumas estatais, como os Correios, tem um papel social visto que elas atendem √°reas que para uma empresa privada seriam consideradas pouco lucrativas, no entanto isso n√£o impede que haja um processo de privatiza√ß√£o ou concess√£o que leve este tipo de quest√£o em conta e que obrigue a empresa compradora a continuar mantendo esses locais.

     

  • em resposta a: Sistema Eleitoral / Financiamento #2973
    Ajudou
    Up
    0
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    Precisamos tentar diminuir o n√ļmero de partidos para que o presidencialismo de coalis√£o funcione de alguma forma efetiva que n√£o envolva a distribui√ß√£o extensa de verbas.

    Precisamos apoiar a reforma pol√≠tica. Tenho no√ß√£o que esse √© um t√≥pico delicado e caso fossemos apresent√°-lo para o congresso teriamos que colocar a sua aplica√ß√£o efetiva para 4 ou 8 anos depois de sua vota√ß√£o. Creio que a reforma pol√≠tica atual que vai ser aplicada j√° na elei√ß√£o de 2020 tem pontos muitos bons como o voto distrital misto, no entanto precisamos endurecer o sistema para diminuir ainda mais o n√ļmero de partidos e por consequ√™ncia o fisiologismo do congresso.

    Quanto ao financiamento de campanha, gosto da ideia do financiamento p√ļblico de campanha, mas n√£o acredito que ele seja o modelo ideal. Precisamos de um projeto de sistema que torne o financiamento mais democr√°tico e incentive a a√ß√£o dos pol√≠ticos para acabar com a apatia pol√≠tica

  • em resposta a: Atitude em Rela√ß√£o ao Governo Federal #2899
    Ajudou
    Up
    1
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    Oposição propositiva, como citou meu amigo acima, é a forma como o PSDB deveria agir em relação ao governo atual. Entretanto eu acredito que o modo como isso é feito poderia ser diferenciado.

    Podemos tomar exemplos internacionais de pa√≠ses parlamentaristas onde existe o “shadow cabinet” que √© como se fosse um “governo em espera” onde a oposi√ß√£o aponta alguns de seus parlamentares para a posi√ß√£o de “shadow minister”. Apesar de essa constru√ß√£o de minist√©rios em espera n√£o funcionar t√£o bem quanto funciona em sistema parlamentarista onde as coaliz√Ķes s√£o muito menos constantes, acredito que ao alocar uma pessoa especifica para cria√ß√£o de propostas em cada √°rea, ter√≠amos maior capacidade argumentativa com o governo, poder√≠amos apoiar mais o Brasil, al√©m de acabar com essa est√≥ria de “Partido do Muro”

  • em resposta a: Rela√ß√Ķes Internacionais e Comercio Exterior #2893
    Ajudou
    Up
    1
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    Como meus colegas acima citaram, é necessário criticar a política atual do governo que está destruindo a capacidade que o Brasil tem de resolver conflitos internacionais. Outros pontos relevantes são:

    • Revis√£o da estrutura do Mercosul para que este traga maiores benef√≠cios para aqueles que o integram, al√©m de propiciar ferramentas para a constru√ß√£o de institui√ß√Ķes democr√°ticas s√≥lidas. N√£o aceitando qualquer tipo de viola√ß√£o aos direitos humanos
    • Reformula√ß√£o da atitude do Itamaraty, focando em uma diplomacia com foco nos pa√≠ses em desenvolvimento e perif√©ricos, al√©m de maior atua√ß√£o no cen√°rio internacional de forma que reinsira o Brasil em seu papel tradicional de resolvedor de conflitos e uma moderadora para o mundo.
    • Maior aproxima√ß√£o com os BRICS, visto que a China √© o nosso maior mercado para nossos commodities, mas sem escantear parceiros econ√īmicos importantes como os EUA e a UE. Utilizando uma estrat√©gia de apaziguamento e triangula√ß√£o
    • Intensifica√ß√£o dos acordos internacionais, buscando atrair investimentos e multinacionais que queiram se estabelecer no Brasil (facilitando esse processo)
    • Esta resposta foi modificada 2 meses, 4 semanas atr√°s por  Matheus Pantrigo.
  • Ajudou
    Up
    0
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    √Č necess√°rio melhorar a qualidade dos servi√ßos p√ļblicos. Isto envolve uma s√©rie de medidas como toda a informatiza√ß√£o do governo, mas al√©m disso, no que tange o servidor p√ļblico, algumas das coisas que poderiam ser implementadas s√£o:

    • Diminui√ß√£o significante dos cargos comissionados em todos os n√≠veis de governo
    • Cria√ß√£o de um sistema de feedbacks atrav√©s de um aplicativo m√≥vel disponibilizado pelo governo que unisse todas as informa√ß√Ķes do cidad√£o
    • Remunera√ß√£o b√īnus baseada no sistema de feedbacks
    • Flexibiliza√ß√£o demiss√£o dos funcion√°rios p√ļblicos. Possibilidade de refazer um edital a cada quatro anos, dando um b√īnus ao ocupante inicial do cargo baseado na qualidade do seu trabalho medida pelo sistema de feedbacks e uma an√°lise das tarefas empreendidas pelo mesmo ao longo desses quatro anos
    • Nivela√ß√£o do sal√°rio do servidor p√ļblico com o equivalente da iniciativa privada
  • em resposta a: Meio Ambiente, Agroneg√≥cio e Desenvolvimento Sustent√°vel #2238
    Ajudou
    Up
    1
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    Apoio aqueles que citaram a educação ambiental como tema necessário na educação básica. Além disso precisamos de um plano compreensivo de saneamento básico e tratamento da água. Porém um dos tópicos mais importantes a serem tratados é a energia. Para tal trago as seguintes propostas

    • Auxilio fiscal para empresas cujo foco seja produ√ß√£o de energia renov√°vel. Seja ela nacional ou internacional
    • Subsidio para a compra de telhados solares e uma campanha publicit√°ria para conscientiza√ß√£o sobre a possibilidade de¬† gerar energia em casa. Diminuindo momentaneamente a necessidade do Estado de investir em novas constru√ß√Ķes
    • Apoio a energia nuclear e a pesquisa dessa √°rea. N√£o devemos demonizar a pesquisa nuclear pois ela provavelmente ser√° a √ļnica que conseguira suprir o n√≠vel de crescimento da economia mundial. Existem projetos extremamente seguros de usinas n√ļcleares
  • em resposta a: Seguran√ßa #2237
    Ajudou
    Up
    0
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    A seguran√ßa √© um assunto essencial para ser discutido pois n√£o podemos deixar que ela seja dominada por radicais que tornem ainda mais grave as divis√Ķes que existem dentro da sociedade. Por√©m ela tamb√©m n√£o possui solu√ß√Ķes f√°ceis de serem implementadas. Seguem algumas ideias que eu acredito que auxiliariam no debate

     

    • Cria√ß√£o de uma Guarda Nacional que compreenda as policias militares e civis federais e estaduais, fazendo com que essas, al√©m de possuir uma capacidade de a√ß√£o pontual muito mais agu√ßada tamb√©m integre a sua rede de informa√ß√Ķes. Deixando tamb√©m mais claro o prop√≥sito do policial militar mais claro.
    • Reestrutura√ß√£o das policias civis municipais de forma que elas essencialmente sigam a base de policia comunit√°ria, afinal os pa√≠ses com menor √≠ndice de viol√™ncia se utilizam deste modelo
    • Constru√ß√£o de sub-prefeituras nas comunidades, para que o estado tenha maior capacidade de a√ß√£o e de garantir que os projetos sociais e econ√īmicos tenham efeito
    • Cria√ß√£o do EDPD – Estagiando desde o primeiro dia. Um projeto de conv√™nio entre a iniciativa privada e o Estado que permita aos alunos de escolas t√©cnicas possam fazer um est√°gio – Esse projeto teria como p√ļblico alvo os jovens em situa√ß√£o de fragilidade social que se beneficiariam, e muito, com alguma renda adicional
    • Integra√ß√£o das bases de dados da policias e do ex√©rcito atrav√©s do SUSP
    • Treinamento estrangeiro para as nossas policias civis para que o tratamento do cidad√£o se torne prioridade e a efici√™ncia da pol√≠cia se torne maior
  • em resposta a: Combate a pobreza e Prote√ß√£o Social #2235
    Ajudou
    Up
    1
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    Todas as propostas de outras √°reas, principalmente a economia, afetam significativamente o tema da pobreza, entretanto n√£o vejo a necessidade de repeti-las, logo pensando apenas nesta √°rea, temos como exemplo o programa “food stamps” nos EUA. Este foi um projeto de muito sucesso que envolve auxiliar a renda das classes mais baixas com um voucher para a compra de produtos aliment√≠cios. Criar mini-cursos sobre economia pessoal tamb√©m se torna necess√°rio visto que muitos dos brasileiros hoje se encontram com o nome sujo.

    Creio que com essas duas medidas al√©m do mantenimento e expans√£o dos programas sociais atuais e uma politia econ√īmica que vise potencializar as nossas habilidades inerentes, conseguir√≠amos diminuir consideravelmente a pobreza do Brasil

  • em resposta a: Educa√ß√£o, Ci√™ncia, Tecnologia e Ensino Superior #2234
    Ajudou
    Up
    1
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    Hoje o problema da educação interfere em todas as áreas do Brasil. Vê-se portanto que a educação é para onde deveríamos alocar as nossas forças propositivas. Dentro desta visão temos que encontrar projetos que deem espaço para o desenvolvimento intelectual do aluno e desenvolvimento tecnológico do Brasil

    • Municipaliza√ß√£o do ensino m√©dio,¬† afinal o munic√≠pio tem uma capacidade maior de alocar recursos de maneira eficiente do que o estado, e visto que a educa√ß√£o √© essencialmente local, somos levados a acreditar que isso proporcionaria interven√ß√Ķes de maior relev√Ęncia.
    • Administra√ß√£o conjunta de estados e munic√≠pios¬† do projeto de escolas t√©cnicas pela mesma raz√£o do anterior
    • Apoio ao PIBID visto que este, al√©m de aproximar futuros docentes da profiss√£o, tamb√©m auxilia o professor quando as salas de aula s√£o muito grandes
    • Apoio as partes boas do Future-se, afinal o programa tem mecanismos excelentes para a arrecada√ß√£o de dinheiro para as UF’s. No entanto ele poderia ter sido constru√≠do em conjunto com os reitores para que houvessem tido um maior n√ļmero de aceita√ß√Ķes. Al√©m disso √© importante frisar a necessidade da participa√ß√£o da iniciativa privada no financiamento de pesquisa

     

  • em resposta a: Sa√ļde #2232
    Ajudou
    Up
    0
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

    Para a √°rea da sa√ļde o que podemos fazer, dado o fato de que o Brasil est√° passando momentos de restri√ß√£o monet√°ria, √© encontrar meios de eficientizar a gest√£o atual. Ideias nesse sentido s√£o

    • Informatiza√ß√£o de todo o sistema do SUS
      • Um sistema de feedbacks √°rea feito atrav√©s de um aplicativo m√≥vel relacionado com o seu cadastro do SUS, de modo que o paciente avalie os diferentes servi√ßos prestados e se torne mais f√°cil para encontrar anomalias
      • Cria√ß√£o do prontu√°rio digital e possibilidade de marcar consultas de modo online
    • Expans√£o da experi√™ncia da USP de hospital universit√°rio para outras universidades p√ļblicas ou privadas para desafogar o sistema
  • em resposta a: Desenvolvimento Econ√īmico, Empreendedorismo ,Emprego e Renda #2188
    Ajudou
    Up
    0
    Down
    Não Ajudou

    Matheus Pantrigo
    Espectador

     

    Para conseguirmos restaurar a economia do Brasil precisamos focar em emprego e eficientiza√ß√£o do Estado, para que o mesmo tenha mais liquidez e consiga, junto com a iniciativa privada, investir em mais projetos que fomentem o crescimento econ√īmico e desenvolvimento tecnol√≥gico. Seguem minhas ideias sobre o t√≥pico:

    • Cria√ß√£o de uma √°rea com isen√ß√£o (ou incentivo) fiscal para o estabelecimento de startups, fazendo com que essas possam interagir e conhecer umas as outras, al√©m de torn√°-las mais vis√≠veis e acess√≠veis a capital de empresas maiores;
    • Cria√ß√£o de um plano nacional de infraestrutura, constru√≠do atrav√©s de consultas extensivas a iniciativa privada, para que, atrav√©s de PPP’s, o governo consiga aumentar o escoamento da produ√ß√£o de maneira eficiente. Focando principalmente na constru√ß√£o de ferrovias e explora√ß√£o de modais naturais, para que o custo do produtor diminua e ele tenha maior capacidade de reinvestimento;
    • Apoio aos bancos digitais e aplica√ß√£o de medidas que visem diminuir a concentra√ß√£o banc√°ria e aumentar a competitividade nesse setor para que o cr√©dito se torne mais acess√≠vel para o micro, pequeno e m√©dio empreendedor;
    • Privatiza√ß√£o de empresas estatais que n√£o s√£o estrat√©gicas para o desenvolvimento do pa√≠s (Ex de empresa estrat√©gica: Petrobras. Ex de empresa n√£o-estrat√©gica: Correios);
    • Fus√£o da Caixa e do Banco do Brasil para diminui√ß√£o do pessoal e dos gastos, al√©m da cria√ß√£o de um Banco com maior relev√Ęncia no mercado;
    • Revis√£o das pol√≠ticas de investimento do BNDES, de forma que os investimentos sejam feitos em pontos estrat√©gicos para alavancar o crescimento do pa√≠s;
    • Um dos pontos triviais, por√©m ainda dignos de ser destacado, √© a simplifica√ß√£o tribut√°ria e apoio a reforma tribut√°ria. Pontos a se levarem em considera√ß√£o na reforma s√£o o IVA, proposta defendida pelo Governador Alckmin nas elei√ß√Ķes, e a realoca√ß√£o de impostos que inibem o consumo e a produ√ß√£o para outros que foquem o lucro.
Visualizando 12 posts - 1 até 12 (de 12 do total)